As Melhores Jornalistas

Arquivo do Autor

Por: Danielle Ramos

 

Fonte site canelaneles.com.br

Pesquisa realizada durante Trabalho de Conclusão de Curso no curso de Comunicação Social – Jornalismo

Anúncios

Por Danielle Ramos

A Comissão de Constituição e Justiça votará na quarta-feira (28/10) o projeto de lei que restabelece o diploma de jornalista obrigatório. A comissão recebeu em julho, uma Proposta de Emenda à Constituição (PEC) do deputado Paulo Pimenta (PT/RS) apoiado por 191 deputados.

O Supremo Tribunal Federal havia extinguindo, em junho, a obrigação de ser bacharel em comunicação social, para exercer a profissão.

 

Especial: Juscelino Kubitschek

 

 

 

posse-de-jk

Imagem da posse de JK

A Saga do presidente “bossa-nova” 

Por Danielle Ramos

 

 

Juscelino Kubitschek foi o chefe de Estado que deu ao Brasil uma nova identidade. Durante seu governo o Brasil acelerou seu processo industrial e construiu uma nova Capital Federal que hoje é tomabada pelo Patrimônio Cultural da Humanidade. Governou Minas Gerais, e quando foi senador combateu a ditadura, sendo posteriormente exilado. Leia mais…

Correio Brasiliense

Correio Brasiliense

Por Danielle Ramos

Acompanhando o caderno de Cidades entre os dias 11 e 17 de novembro do site http://www.correiobraziliense.com.br, pude observar que as pautas publicadas são as mesmas do meio impresso. Observa-se que o texto sofre adaptação, as matérias são diretas, resumidas e sucintas.
Na página inicial do caderno há fotos com animação das matérias principais, que incentiva o leitor a clicar para a leitura. Porém quando as páginas das matérias abrem não há imagens, animação ou objeto que incite a interatividade. Conclusão, o internauta que acessa a essa página deve ser um admirador do Diário dos Associados ou têm imensa credibilidade no meio, porque atrativos não é o forte do caderno de Cidades.
A expectativa era de que fizesse o uso abrangente dos recursos web jornalísticos. As principais características da maioria dos sites são ferramentas como links, vídeos, áudio. Elementos que levam o internauta a buscar mais informações, e melhor que isso, é o próprio usuário quem define o conteúdo das informações desejadas.
Acredito que o caderno de cidades no Correio mereça um aprimoramento com relação as suas matérias. Tenho algumas sugestões a fazer: opção de “leia mais” para aqueles que buscam mais informações a cerca de determinado assunto, vídeos das entrevistas concedidas, galeria de fotos, áudios das matérias, a opção “assuntos relacionados” de matérias publicadas anteriormente. E a enquete deveria ser de assuntos mais pertinentes a realidade da cidade, não sobre o flamboyant mais bonito.
Mas também há elogios a serem feitos. No site há a possibilidade do leitor comentar sobre a reportagem, há um calendário para que possa ter acesso a edições dos dias anteriores. Acesso aos especiais do mês e o que achei muito interessante já que muitas vezes alguns anúncios chamam mais atenção do que a informação, no caderno há pouco espaço destinado à propaganda. E fica a sugestão de aprimoramento para o crescimento do site. E mais! Um alerta para a contratação de profissionais apaixonados pelas faces da comunicação sem fronteiras.

 Por Fernanda Pinheiro

A Colônia Agrícola Vicente Pires surgiu na década de 80 através dos grileiros, que fabricavam documentos falsos e passavam os lotes para frente. Foi criada com o intuito de abrigar produtores rurais, porém hoje já é formada por mais de 370 condomínios irregulares. Só em 1998 a cidade passou a ser conhecida como Setor Habitacional Vicente Pires, e hoje em dia, 15% das propriedades ainda são não fracionadas e apresentam características rurais.

 

 

Crédito: Danielle Ramos

Por Danielle Ramos

 

Lei que prevê a criação do cadastro “Não Importune” é símbolo da vitória dos consumidores do Distrito Federal, que cansaram de ser incomodados por operadores de telemarketing. A previsão era de que o cadastro fosse criado a partir do mês de setembro, mas o PROCON-DF, órgão responsável pelo estabelecimento dos critérios, fiscalização e cumprimento da lei, informou no dia 29 que não têm nenhuma informação sobre o assunto.

O consumidor poderá cadastrar até três linhas de telefonia fixa ou móvel. Sendo necessária apresentação do CPF, CEP e documento de identificação original e cópia.

 

Segundo Salatiel Ramos, funcionário público, a principal reclamação dos consumidores é pela insistência das empresas. “Parece até que eles escolhem a hora mais imprópria para fazer ligações. A gente fala que não está interessado, mas eles continuam a falar e não param”, afirma Salatiel.

A vendedora, Maria Zélia, considera a lei válida, mas acredita que seria melhor se os operadores recebessem treinamento adequado. “Pior do que receber ligações persistentes é precisar de atendimento e ficar horas no telefone escutando aquelas músicas desagradáveis”, declara Zélia.

 

As empresas que não cumprirem a lei e telefonarem para clientes que foram cadastrados há mais de trinta dias, serão multadas em R$ 10 mil por cada ligação. Àquelas que mantêm vínculo econômico com consumidores cadastrados, poderão efetuar as ligações, mas não poderão fazer propaganda ou vender novos produtos. A lista com os nomes dos cadastrados ficará disponível no site oficial do PROCON e também poderá consultada por telefone.

A coordenadora de telemarketing, Érika Albuquerque, atua na área há mais de quatro anos e teme perder seu emprego. “Acredito que muitos de nós ficaremos desempregados, pois a lei vai afetar diretamente o telemarketing ativo”, desabafa Érika.

 

Empresários que atuam no ramo ainda não adotaram nenhuma medida diante da polêmica. Kelson José Duarte, proprietário da empresa RK Telecom, declara que prefere esperar mais um pouco para fazer as adaptações. “Não acredito que esta lei será posta em prática, espero que fique apenas no papel. A maioria dos consumidores não tem tempo de ir ao Procon para se cadastrarem, pois todos sabem que a burocracia é muito grande”, complementa Duarte. Apesar disso, Kelson declara que caso a lei entre em prática, a primeira conseqüência será demissões no setor e possíveis adaptações para o atendimento, que passaria a ser pessoalmente aos clientes interessados.

 

A lei distrital nº 4171 foi motivada pelas reclamações que consumidores fizeram à Promotoria de Defesa dos Direitos do Consumidor (Prodecon), contudo, o promotor Guilherme Fernandes Neto sugeriu ao deputado distrital Rogério Ulysses (PSB-DF) a criação do projeto que desde o julho é lei. A assessoria do deputado afirma que estão acompanhando o processo de regulamentação da lei, e que o GDF está preparando o decreto para colocá-la em vigor.

Após conquistarem o direito de não serem incomodados, consumidores aguardam a execução de seus direitos.

 

 


outubro 2017
D S T Q Q S S
« maio    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Blog Stats

  • 62,562 hits

Flickr Photos